Meu perfil
BRASIL, Sudeste, TAMBAU, Homem, Portuguese, English, Livros, Informática e Internet



Arquivos

    Votação
     Dê uma nota para meu blog

    Outros links
     UOL - O melhor conteúdo
     BOL - E-mail grátis
     Juliana Sfair




    Palestras 9ª Feira do Livro de Ribeirão Preto 2009
     


    COMENTÁRIO: LAURENTINO GOMES - Livro Reportagem

    C O M E N T Á R I O S

    Para acessar a palestra clique na coluna da esquerda

    32 – LAURENTINO GOMES

    Livro Reportagem

    3 - SILVINHA

    Li 1808 há dois meses e gostei muito, apesar de no começo ter tido medo de continuar, pois percebi que a "herança e a safadeza política", realmente, vêm de longe! E é triste! Gostei muito da maneira como o Laurentino narra a História, de uma forma muito acessível, fatos re-embasados em muitas pesquisas e investigações. Gostei também do seu ponto de vista em relação ao Laurentino. Parabéns! Silvinha 26/07/2009 15:43

    Resposta:

    POVO SEM HISTÓRIA NÃO TEM FUTURO

    Silvinha, sua resenha literária sobre “1808” anima os leitores a enfrentarem as 414 páginas deste livro que mostra uma parte importantíssima de nossa História. Um povo que desconhece sua própria história também não tem futuro. Laurentino está abrindo uma picada nesta selva para que nós, confortavelmente, possamos caminhar e conhecer suas riquezas. Atualmente, este autor trabalha num livro histórico que é “1822”, através do qual, imagino, poderemos sedimentar ainda mais nossos conhecimentos sobre a metamorfose sofrida pelo Brasil, devido à presença da Família Real. Valorizo muito o trabalho de Laurentino, pois como autor do livro “Padre Donizetti de Tambaú” – Editora Santuário, 400 páginas – conheço as dificuldades de mergulhar no oceano do tempo em busca de tesouros históricos. Obrigado pelo comentário.

    2 - MARIA REGINA FIUZA TEIXEIRA

    José Wagner, gostei muito da sua colocação do autor Laurentino. Ele realmente é fantástico. No momento estou lendo o livro dele 1808. A verdadeira história do nosso País. MARIA REGINA FIUZA TEIXEIRA 13/07/2009 14:02

    Resposta:

    REGINA & LAURENTINO GOMES

    Uma das vantagens do livro "1808" é o linguajar de jornalista, fugindo daquela forma de teses de doutorado, quando se aborda um tema histórico como a vinda da Família Real. Que aproveite e se delicie com o livro. Obrigado pelo comentário

    1 - ELIANA

    A história de nossas raízes teve um colorido todo especial com o livro 1808. Ainda não havia atentado de como é importante fazer um marketing de um livro. Não basta o "boca a boca". Tem que ter uma visibilidade proporcionada pelos vários veículos midiáticos. Eliana 11/07/2009 20:26

    Resposta:

    MARKETING DE UM LIVRO

    É isso mesmo Eliana. O Laurentino Gomes colocou a boca no trombone e abriu o jogo. Pouca gente tem a sinceridade dele. O Domingos Oliveira já disse que a Sinceridade escandaliza e é verdade!



    Escrito por José Wagner às 19h15
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    COMENTÁRIOS: SÉRGIO ROXO - Filosofia e Lógica

    C O M E N T Á R I O S

    Para acessar a palestra clique na coluna da esquerda

    31 – SÉRGIO ROXO

    Filosofia e Lógica

    GILDA

    Surpreendente e simpático o Sergio Roxo. Uma boa substituição, embora teria sido interessante assistir uma palestra do Saulo Ramos. Você leu o livro de memórias dele? bjs,Gilda 10/07/2009 19:19

    Resposta

    Gilda, ainda não li o "Código da Vida" de Saulo Ramos. Pela crítica, é um livro muito bom, onde também são revelados "segredos" dos bastidores do governo. Esperava ter um exemplar autografado, mas o Saulo ficou acamado no dia de sua palestra. Obrigado pelo comentário.



    Escrito por José Wagner às 18h50
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    COMENTÁRIOS: OLIVIER ANQUIER - Panfificação

    C O M E N T Á R I O S

    Para acessar a palestra clique na coluna da esquerda

    30 – OLIVIER ANQUIER

    Panificação

    3 - RENATA CORTEZ

    Olivier Anquier me surpreendeu. Rápido, divertido e inteligente. O bate-papo foi agradabilíssimo. Parabéns pelo blog! Recomendei a meus amigos. Um abraço! Renata Cortez 05/08/2009 10:01

    Resposta:

    CHEF EMPREENDOR

    Renata, pouco ou quase nada sabia sobre o Olivier. Apenas que era um chef francês, havia se casado com a simpática atriz Débora Bloch, percorria o país num fusca verde e tinha um programa de culinária na TV. Não o havia visto nem em seu programa da televisão. Foi uma agradável surpresa ver pessoalmente aquele cara boa-pinta, ensinando como empreender um negócio lucrativo e sem concorrentes, empregando um linguajar agradável e convincente com um singelo sotaque francófano.

    2 – MARIA REGINA FIUSA TEIXEIRA

    Parabéns José Wagner! O seu trabalho é de excelente qualidade. Gostei muito das suas observações. Realmente estou falando com um intelectual, não faltou nada. 13/07/2009 13:48

    Resposta:

    O Padeiro Olivier Anquier

    A figura carismática do Chef Olivier soube demonstrar que a persistência, em busca de uma meta, é o que leva ao sucesso. Obrigado, Regina, pelo comentário.

    1 – Juliana Sfair

    Estou encantada pela maneira que aproveitou a feira do livro. Parabéns pelas valiosas anotações e interesse. Aproveitando para dizer que postei um texto nono hoje, espero sua visita sempre muito BEM VINDA! http://julianasfair.zip.net 07/07/2009 12:50

    Resposta:

    Ainda há muita coisa

    Oi Juliana. Há muito material ainda que pretendo divulgar. Espero que este meu trabalho seja útil a alguém. Se o for para apenas uma pessoa já me darei por satisfeito.



    Escrito por José Wagner às 19h19
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    COMENTÁRIOS: KAROLINA KOTSCHO - Cinema

    C O M E N T Á R I O S

    Para acessar a palestra clique na coluna da esquerda

    29 – KAROLINA KOTSCHO

    Cinema

    MYUNG

    Estou impressionada com sua determinação, às vezes 3 posts por dia. Acho que irei pedir ajuda para meu blog sobre as estrelas bgijinhos Myung 6/07/2009 08:51

    Resposta:

    Transpiração

    O cérebro não transpira. Por isso só se pode medir o seu trabalho pelo produto. O que apresento aqui tem uma única finalidade: levar às pessoas aquilo que de graça me foi passado. Se for útil apenas a um leitor, dar-me-ei por realizado. Quanto à ajuda, se for capaz, conte comigo. É ajudando que se é ajudado. Obrigado pelo comentário.



    Escrito por José Wagner às 19h01
    [] [envie esta mensagem
    ] []



     
      [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]